Desmistificando a lenda de uma alma imortal

9 de janeiro de 2014

A Peshitta sobre Lucas 23:43



Peshitta. Uma tradução antiga da Bíblia no idioma síriaco baseada nos originais das Sagradas Escrituras. Remonta ao segundo e terceiro século da era cristã. É considerada até hoje pelos estudiosos como sendo a melhor versão já traduzida da Bíblia e é um dos manuscritos mais antigos existentes, profundamente importante na Crítica Textual. Encontrei neste link a tradução da Peshitta para o português, e, como era de se esperar, essa valiosíssima tradução verteu Lucas 23:43 da seguinte maneira:

“E disse-lhe Yeschua: Em êmeth te digo hoje, estarás comigo no Paraíso” (Lucas 23:43)

Genial. Mais uma versão antiga importantíssima que corrobora com o fato de que a tradução correta de Lucas 23:43 é com a vírgula depois do semeron (“hoje”), e não antes dele, o que aniquila com o argumentos dos imortalistas, que creem – contra todas as evidências textuais e complementares – que o ladrão esteve naquele mesmo dia com Cristo no Paraíso.

Não há absolutamente nenhum manuscrito grego antigo que traduza Lucas 23:43 da forma imortalista, pois não há vírgulas no original grego e o texto é de duplo sentido, podendo a vírgula ser colocada tanto antes quanto depois do “hoje”. Por isso, as outras versões antigas da Bíblia, como a Peshitta, são extremamente importantes para definir a questão, por duas razões: primeiro por ser um manuscrito antigo que foi feito com base em manuscritos hebraicos e gregos ainda mais antigos, o que dá ainda mais credibilidade à tradução. Segundo, porque o Siríaco continha a pontuação necessária que o gregokoiné não continha, e coloca a vírgula depois do “hoje”, mostrando como os antigos entendiam este verso e colocando um ponto final no debate sobre a pontuação de Lucas 23:43.

Se os imortalistas querem nos convencer do contrário, que nos mostrem manuscritos antigos que remetam ao século I, II ou III e que coloque a vírgula antes do “hoje”, como eles querem. Eu não conheço nenhum.

Um estudo mais completo feito por mim sobre Lucas 23:43 pode ser visto clicando aqui.

Jaz aqui mais um argumento imortalista.

Paz a todos vocês que estão em Cristo!

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Artigos relacionados:


-Não deixe de acessar meus outros sites:

Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
Heresias Católicas (Artigos sobre o Catolicismo Romano)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Preterismo em Crise (Refutando o Preterismo Parcial e Completo)
Share:

5 comentários:

  1. Muito interessante, valeu por disponibilizar a versão Peshita.

    ResponderExcluir
  2. Lucas, essa versão da Peshitta em português é uma farsa! Ademais, eu também não sou imortalista, mas vejo dois problemas com essa tradução. Primeiro, Jesus não falou dessa maneira em nenhum outro lugar, ou seja, ele não usou esse ''hoje'' em outras oportunidades. Segundo, esta sentença, ''Em verdade te digo hoje'' é tão redundante que fica difícil imaginar ter sido dita pelo mestre.

    Paz!

    ResponderExcluir
  3. Daniel, quais são as provas de que essa Peshitta é uma farsa?

    Inúmeras vezes Deus se expressa com o "hoje" no mesmo sentido da frase de Lucas 23:43. Apenas alguns exemplos:

    (Jeremias 42:21) - E vo-lo tenho declarado hoje; mas não destes ouvidos à voz do Senhor vosso Deus, em coisa alguma pela qual ele me enviou a vós.

    (Deuteronômio 6:6) - E estas palavras, que te ordeno hoje, estarão no teu coração.

    (Deuteronômio 11:8) - Guardai, pois, todos os mandamentos que eu vos ordeno hoje, para que sejais fortes, e entreis, e ocupeis a terra que passais a possuir.

    (Deuteronômio 30:18) - Então eu vos declaro hoje que, certamente, perecereis; não prolongareis os dias na terra a que vais, passando o Jordão, para que, entrando nela, a possuas.

    (Deuteronômio 4:40) - E guardarás os seus estatutos e os seus mandamentos, que te ordeno hoje para que te vá bem a ti, e a teus filhos depois de ti, e para que prolongues os dias na terra que o Senhor teu Deus te dá para todo o sempre.

    (Atos 20:26) - Portanto, eu lhes declaro hoje que estou inocente do sangue de todos.

    Será que eles também estavam sendo "redundantes"? Se sim ou se não, por que Jesus não poderia ter feito o mesmo?

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de saber, baseado na peshitta, o que você acha da doutrina de que o crente nao perde a sua salvaçao?

    ResponderExcluir
  5. Bazimar, comentei sobre isso aqui:

    http://apologiacrista.com/e-possivel-perder-a-salvacao

    Abs.

    ResponderExcluir

A sua mensagem passará por moderação e em seguida será exibida ao público.

Curta no Facebook

Receba os novos posts por e-mail

Comentários Recentes

Labels